logo      
Era Uma Vez

O Ovo Perdido

Pato em Lagoa

Era uma vez...

Uma linda fazenda onde viviam muitos animais.

Nela havia patos, galinhas, cavalos, porcos, burros, ovelhas, gato e cachorro. Entre esses bichos todos estava a Dona Pata...

Dona Pata estava muito contente. Em mais alguns dias iria botar seus ovos e teria seus filhotes.

Ter pequenos patinhos ao seu redor brincando animadamente era um de seus maiores sonhos.

Quando chegou o dia, veio apenas um ovo. D

ona Pata não ficou triste, pelo contrário, apegou-se muito ao filhote que estava por vir e tomava conta do ovo com muita atenção.

Foi então que um acontecimento na fazenda acabou chamando a atenção de todos e também de Dona Pata, que deixou o seu ninho de lado para ver o que estava acontecendo.

Não era nada de mais importante. O trator do fazendeiro tinha atolado e o homem esbravejava para tudo quanto é lado.

Ao voltar para o ninho, Dona Pata percebeu que seu ovo havia desaparecido.

Ela ficou desesperada e imediatamente iniciou sua procura pelo ovo perdido.

Sua primeira idéia foi a de olhar pelos quatro cantos do celeiro onde dividia espaço com outros animais. Nada conseguiu encontrar...

Resolveu então perguntar para os outros bichos que ali viviam.

Foi primeiro atrás do cachorro, que deveria estar atento a proteger todos aqueles animais.

Ele olhou para ela, preguiçosamente, e lhe disse que seu trabalho era tomar conta dos animais e não de ovos.

Virou-se de lado e voltou a cochilar.

Em seguida a Pata encontrou com o gato da fazenda. Contou ao felino sobre o desaparecimento de seu ovo e pediu ajuda.

O gato deu de ombros e disse a Dona Pata que se tivesse encontrado o ovo provavelmente o teria comido...

Mais assustada do que antes, a Pata procurou o cavalo. Ele disse que nada tinha visto já que trabalhara a manhã toda, longe do celeiro.

Pediu desculpas e falou que precisava descansar, pois teria mais trabalho no dia seguinte.

Como ao lado do cavalo ficava o Burro, Dona Pata aproveitou a visita e perguntou a esse animal se por acaso não vira seu ovo.

O burro a dispensou rapidamente dizendo que não tinha a menor idéia do desaparecimento do ovo.

A pata então voltou para o celeiro. Encontrou com a galinha e desolada, começou a chorar.

Já não tinha esperanças quando relatou para a amiga galinácea que tinha perdido seu futuro filhote ainda dentro de um ovo.

Dona Galinha também não sabia nada a respeito do desaparecimento daquele ovo. Como não podia ajudar, voltou para seu próprio ninho.

Foi então que começou a cacarejar incessantemente a chamar pela amiga pata.

Entre os ovos que estava chocando encontrava-se um outro, de tamanho, cor e formato um pouco diferentes...

Era o ovo da pata.

Quando a pata deixou seu ninho, acidentalmente empurrara o seu próprio ovo para fora de sua chocadeira.

Ao passar por perto, uma das ovelhas vira aquele ovo e, olhando ao redor, achou que pertencia a galinha...

O final dessa história é feliz. O pequeno patinho surgiu e alegrou muito a vida da Dona Pata.

E o que aprendemos com tudo isso? Que devemos cuidar muito bem daquilo que nos é próximo e caro...

João Luís de Almeida Machado é Doutor em Educação pela PUC-SP; Mestre em Educação, Arte e História da Cultura pela Universidade Presbiteriana Mackenzie (SP); Professor Universitário e Pesquisador; Autor do livro "Na Sala de Aula com a Sétima Arte – Aprendendo com o Cinema" (Editora Intersubjetiva).

Fonte da Imagem: Corbis.

Planneta - Todos os direitos reservados