logo      
Era Uma Vez

O Martelo e o Prego

 Menino batendo em prego com um martelo

Em uma marcenaria,em cima da mesa de trabalho, o prego perguntou ao martelo:

- Por que você sempre bate em nós pregos e nos amassa?

- Ó, meu amigo prego, eu não tenho culpa. Sou apenas uma ferramenta na mão do homem - confessou o martelo.

- Não tente me enganar, senhor martelo - disse o prego bravo.

- É verdade. A culpa é do meu dono que, sempre no auge de seu ofício, bate-me contra você.

- Não me diga, senhor martelo! - Surpreendeu o prego com a revelação.

E o martelo narrou-lhe toda a sua história:

- E tem mais, amigo prego. Sou feito com madeira e ferro. O ferro é retirado do seio da terra, levado para uma metalúrgica, onde é feita a minnha cabeça. O meu cabo feito de uma linda árvore, cortada na floresta, levada para a marcenaria na cidade, e passada por várias máquinas até chegar na forma fina.

-Já vem você com a mesma história do senhor mahchado!? Ironizou o prego...

- O senhor prego pode até fazer a sua ironia. Mas o amigo, às vezes, toma umas pancadas e fica fixo no mesmo lugar. Enquanto eu, todos os dias, após o expediente, sempre tenho que tomar uma analgésico para dor de cabeça!

FIM.

Apresentação
O projeto Coleção Diálogos nasceu quando eu ainda era criança e escrevi quatro histórias infantis. Ao longo do tempo, fui amadurecendo e reescrevendo esses textos. Até que, em 2001, estudando Artes Gráficas, como trabalho de conclusão de curso, desenhei e diagramei essa coleção em três volumes. Agora, estou disponibilizando eles em formato de e-Book e gratuitamente aqui no PLANETINHA. E faço votos que sejam muito úteis a agradem as crianças. Boa leitura!

Coleção Diálogos
Volumes: O Machado e a Árvora, Os Brinquedos, O Martelo e o Prego (Faixa de 4 e 7 anos). Criação, Texto e ilustrações: Emílio Figueira (Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.).

Emilio Figueira é Jornalista, psicólogo, pós-graduado em Educação Inclusiva e doutorado em Psicanálise. Autor de mais de quarenta artigos científicos nesta área e de vinte livros, dentre os quais destaca-se “Caminhando em Silêncio – Uma introdução à trajetória da pessoa com deficiência na história do Brasil”.

Fonte da Imagem: Corbis.

Planneta - Todos os direitos reservados